O que você vê no espelho?

AVISO! Se você se identifica com a imagem abaixo, pode pular essa postagem.

Foto: Google Imagens

Foto: Google Imagens

Mas se você é um homem interessado, que se preocupa em entender o universo feminino (e não um “machão” que só quer ver a mulher na cozinha), ou se você é uma mulher que se valoriza e acha importante cuidar de si mesma, pode continuar a ler o post…🙂

No dia 2 de outubro, uma sexta-feira de Ecolândia, o tema do programa foi Estética da Mulher e é sobre isso que eu vou falar aqui. Esse programa foi o terceiro da série que abordou a saúde da mulher, a saúde do homem e que trará, na próxima sexta (09/10) o tema Estética do Homem.

Mas como assim, Maíra? Um programa chamado ECOlândia falando sobre beleza, estética? Sim, pessoal! Porque nós não falamos só sobre meio ambiente, mas também sobre qualidade de vida e tudo aquilo que colabora para que tenhamos hábitos mais saudáveis.

No programa sobre a Estética da Mulher, ouvimos que as moradoras da Urlândia gostam de arrumar o cabelo, pintar as unhas, enfim, passar por todo aquele “processo embelezador” que a maioria das mulheres conhece muito bem.

Foto: Google Imagens

Foto: Google Imagens

No entanto, sabemos que tem muita mulher por aí insatisfeita com a sua aparência e, consequentemente, com a auto-estima muito baixa, o que acaba prejudicando outros aspectos de sua vida. Gostaria de compartilhar com os leitores do blog e ouvintes do Ecolândia (sejam eles homens ou mulheres) alguns trechos de uma matéria da edição de setembro da revista Women’s Health.

Nós, mulheres, temos a mania de nos compararmos com a Angelina Jolie, com a bonitona da novela, com a modelo da passarela. Mas a verdade é que isso não faz o menor sentido! Por mais que possamos fazer uma dieta, perder alguns quilos extras, é impossível estabelecer comparações com mulheres que possuem outra estrutura corporal. Segundo a matéria da revista, se quisermos perder peso ou melhorar a nossa aparência, “é preciso ter metas realistas e ir atrás delas, e não focar em cima de ideais impossíveis” (e isso vale tanto para homens quanto para mulheres). A “aparência dos sonhos” não vai ser conquistada com uma dieta milagrosa de fim de semana, com um creme anti-celulite de cinco mil reais e mais nada. Precisamos mudar o nosso pensamento com relação aos nossos hábitos e a nossa maneira de nos enxergarmos. Isso não quer dizer que você precise emagrecer para se sentir bonita (o), e é isso que eu quero deixar claro: se você gosta da pessoa que vê no espelho, ótimo! É isso que importa! Se você se sente saudável, com disposição, bonita (o), ótimo! Mas se você está se sentindo mal, pare para pensar nos seus padrões de comparação ou então decida de uma vez mudar as suas atitudes, sendo realista.

Meio auto-ajuda o post de hoje, né? Pois essa foi a intenção!😀 Temos que nos auto-ajudar, e não esperar que outro corpo, outra cara, apareça de manhã quando levantamos da cama. E a gente se ajuda como pode! Batom, cremes, pó, blush, sombras, penteados, roupas bonitas… mas acima de tudo amor-próprio, hábitos saudáveis, alegria, vontade de viver…

Não se esqueçam de ouvir o programa desta sexta, às 18h, na Rádio Caraí FM (106.3), sobre a Estética do Homem! Desafio um dos participantes do sexo masculino do Ecolândia a vir postar sobre esse tema aqui na semana que vem!😀

Até!

Maíra