Ombudsman

Segundo o Google, ombudsman é a “pessoa encarregada de observar e criticar as lacunas de uma empresa, colocando-se no ponto de vista do público”. E a essa que fui destinada na semana passada e, por isso, estou hoje aqui para desempenhá-la com hombridade.

Vamos então à avaliação do programa que foi ao ar no dia 29 de outubro.

Apresentação/diálogo: Comparado ao microfone da Michelle, o do Cristiano estava baixo demais. No início não consegui entender algumas coisas ditas por ele. Pela metade do programa, o problema com o microfone parecia ter se resolvido, mas no final volta a ficar baixo. Mais uma vez volto a questão já tão debatida: a trilha competindo com a voz. A trilha esteve alta durante quase todo o programa e, em diversas ocasiões, atrapalhou a audição do que era dito, mais uma vez. Sou a favor de que se corte a trilha durante a leitura das notícias e das cabeças e pés.

 Microfone Aberto: As perguntas foram claras e bem contextualizadas. Além disso, o Luiz soube fazer os moradores refletirem sobre ações cotidianas que nem sempre são observadas com atenção, por exemplo, quando ele pergunta se o entrevistado já comprou algo sem utilidade.

 Reportagem: O texto da reportagem estava bastante claro e inteligível; o áudio dos OFF”s também. Já o áudio da primeira sonora estava bastante prejudicado, não foi possível entender quase nada dele. A segunda sonora estava mais clara, mas me pareceu muito alta, comparado ao resto da reportagem. Afora isso, a matéria foi bastante didática e cumpriu a função informativa.

 Entrevista: O áudio estava muito alto. Pareceu-me que o microfone ficou próximo demais da boca da Mariana. O áudio das respostas do entrevistado estavam mais audíveis do que as perguntas da entrevistadora. Em relação ao conteúdo, a entrevista foi completa e bastante esclarecedora. Mariana soube conduzir novas perguntas a partir das respostas dadas pelo entrevistado e, assim, deu continuidade e ordenação lógica ao tema, abordando do mais amplo (o que é o consumismo) até o mais restrito (o que cada um pode fazer para diminuir o consumismo). Gostei bastante.

Biologia em Comunidade: O PET-BIO falou sobre os oxiúros – parasitas do intestino humano. Foi bastante didático e explicativo. Fazia tempo que não ouvia o quadro e me surpreendi bastante com a melhora da locução das meninas. O texto estava mais fluido do que de costume. As frases foram curtas e em ordem direta, obedecendo à lógica do texto radiofônico. A historinha, como sempre, estava engraçada.

 A Cidade Onde a Gente Vive: O “Cidade” estava mórbido. Inspirado nas aulas de jornalismo literário, Felipe trabalhou bastante a descrição do ambiente e soube resgatar a história do local. A trilha triste e a entonação da voz do locutor completaram o sentido do texto. Gostei. No finalzinho houve um corte brusco na matéria, por quê?

Essa foi a avaliação do programa veiculado no dia 29 de outubro de 2010. O Ecolândia vai ao ar todas as sextas-feiras, às 18h, na Rádio Caraí FM 106.3Hz e é reprisado todas as segundas-feiras, às 7h. Ouça o programa pelo endereço: http://caraifm.com.br