Dia da Consciência Negra

O Dia da Consciência Negra é celebrado hoje  no Brasil, dia 20 de novembro!A data foi escolhida pois foi neste dia, no ano de 1695, que morreu Zumbi, o líder do Quilombo dos Palmares. A homenagem a Zumbi foi mais do que justa, pois este personagem histórico representou a luta do negro contra a escravidão, no período do Brasil Colonial. Zumbi morreu em combate, defendendo o seu povo e sua comunidade. Seu corpo foi exibido em praça pública para despertar o medo entre os escravos e impedir novas revoltas e fugas. Mas aconteceu exatamente o contrário, pois isso despertou em muitos a consciências de que era preciso lutar contra a escravidão e as desigualdades, como Zumbi havia feito.

A abolição da escravatura só veio em 1888. Porém, os negros sempre resistiram e lutaram contra a opressão e as injustiças advindas da escravidão. O Brasil mudou e hoje é uma das maiores economias do mundo. No entanto, os negros continuaram em situação de desigualdade, ocupando as funções menos qualificadas no mercado de trabalho, sem acesso às terras que seus ancestrais haviam ocupo, e na condição de maiores agentes e vítimas da violência nas periferias das grandes cidades.

O Dia da Consciência Negra é uma data para a reflexão e conscientização de todos nós brasileiros, sobre a importância da cultura e do povo africano na formação da cultura nacional. Durante o período da escravidão, os negros sofreram inúmeras injustiças, e às custas do seu sofrimento nas senzalas, nos campos e nas cidades, foi erguido tudo o que havia no Brasil daquela época. Os negros africanos colaboraram muito, durante nossa história, nos aspectos políticos, sociais, gastronômicos e religiosos de nosso país. É um dia que devemos comemorar nas escolas, nos espaços culturais e em outros locais, valorizando a cultura afro-brasileira. É preciso que todos tenham não apenas a igualdade formal dos direitos, mas a igualdade real das oportunidades também.

Aqui em Santa Maria, acontece desde o dia 12 a 22ª Semana Municipal da Consciência Negra. A Semana é promovida por diversas entidades do Movimento Negro, instituições educacionais, culturais e pela prefeitura do município. São promovidos debates, oficinas e várias atividades culturais em diversos pontos da cidade. Ontem no programa falamos sobre isso, mas vale a pena lembrar que hoje, às 20h, acontece a Noite do Camafeu, no Theatro Treze de Maio. Serão apresentadas danças afro, capoeira, grupo vocal de mulheres negras, teatro e percussões. A classificação é livre e a entrada é gratuita. E amanhã, para encerrar a Semana, haverá um debate na Câmara de Vereadores, às 19h. Vale a pena conferir!