Gripe: como prevenir?

Basta começarem os primeiros frios para os sintomas se tornarem mais comuns entre a população: desânimo, dores no corpo, febre e mal estar. É claro que estamos falando dela, a gripe. Não há quem já não tenha sido afetado pelo seu vírus e, seja ela fraca e breve ou mais forte e duradoura, sempre acaba nos deixando abatidos.

Nessa época do ano, com as mudanças de temperatura, as condições são mais favoráveis a sua ocorrência. Além disso, o quadro de uma simples gripe pode evoluir para casos mais graves, por isso é importante seguir algumas dicas que podem ajudar, e muito, na sua prevenção:

  •  Tenha uma alimentação balanceada e rica em vitamina C, que pode ser encontrada, por exemplo, em frutas cítricas como a laranja e a tangerina e também em  vitamina A, achada na cenoura, beterraba, dentre outros;
  •  Saia de casa bem agasalhado, pois os choques térmicos podem prejudicar nossa resistência imunológica, tornando-nos alvos mais fáceis;
  • Evite contatos próximos com pessoas infectadas e lave bem as mãos com frequência;

Mas há ainda outra alternativa que pode complementar essas sugestões: a vacina. Ela é eficaz, segura e tem duração de imunidade de aproximadamente um ano. No dia 25 de abril o governo iniciou a campanha nacional da vacinação. No Rio Grande do Sul a previsão é de que até o dia 13 de maio cerca de 1,9 milhão de pessoas sejam imunizadas.

Neste ano, a campanha conta com a ampliação dos grupos que tem direito à vacina gratuitamente. Agora os beneficiados são crianças de 6 meses a menores de 2 anos, gestantes, trabalhadores de saúde, indígenas e idosos com 60 anos ou mais. Em Santa Maria, a vacinação ocorre no Hospital Universitário (Husm), nas unidades básicas e de ESF (Estratégia Saúde da Família) e nas unidades móveis. Mas se você não se encaixa em nenhum desses grupos e deseja ser vacinado, pode encontrar o medicamento na rede privada de saúde.

Pelo fato da gripe ser tão comum, às vezes acabamos ignorando o fato de que algo pode ser feito para diminuir as chances de sua ocorrência. Vale a pena ficarmos atentos e evitar um mal estar no futuro!