Ombudsman 27.05.11

O Ecolândia desta sexta-feira (27) não teve erros que comprometessem a estrutura do programa e os que houveram foram quase imperceptíveis aos ouvintes. O áudio do programa estava bom só em alguns momentos a voz do microfone 2 estava baixa. Os apresentadores desempenharam bem a função, ressalto apenas que é preciso que eles falem com mais ênfase as principais partes do texto.

No quadro “Microfone Aberto” percebi que não foi citado o nome da rua no qual foram feitas as perguntas e também que transpareceu no áudio sons de dúvida e concordância do repórter. Neste mesmo quadro destaca-se a qualidade das perguntas que contextualizou o tema do programa, sendo assim facilitando as respostas dos moradores.

O segundo quadro foi o “Que bicho é esse?” que em três partes disponibilizou dicas fáceis sobre o pato, houve a preocupação em explicar palavras que poderiam ser desconhecidas e também a retomada de dicas de blocos anteriores.

No quadro “Notícias e dicas culturais” as informações foram bem redigidas e tratavam de assuntos variados como saúde, educação, entretenimento e programas alternativos.

Na “Reportagem” do programa houve um erro na cabeça da reportagem, pois, os apresentadores falaram você ouviu, sendo que a reportagem não tinha entrado. Fonte única (não teve representante da ASMAR), no restante achei a matéria boa bem explicativa.

Na “Entrevista”, as perguntas foram simples, porém bem relevantes; algumas respostas da entrevista estavam extensas.

No quadro “Biologia em comunidade” o áudio demorou um pouco para entrar, a escolha da reprise foi bem oportuna, pois o tema era o mesmo do programa, além de trazer novas informações.

No quadro “A cidade onde a gente vive”, o texto estava bem escrito, assim como a escolha da trilha sonora. O “cidade” contou a trajetória do Instituto São José e suas transformações ao longo dos anos.

E por fim o “Perfil” que contou a história do primeiro santa-mariense atendido pelo Samu, além desta sacada, destaca-se a qualidade do texto e da trilha sonora que casaram, sendo este o principal quadro do programa.