Uma forma de ajudar

Uma prática muito comum adotada por pessoas das mais variadas faixas etárias é o voluntariado.

O trabalho voluntário é definido pela Lei 9.608/1998 como a atividade não remunerada prestada por pessoa física a entidade pública de qualquer natureza, ou a instituição privada de fins não lucrativos, que tenha objetivos cívicos, culturais, educacionais, científicos, recreativos ou de assistência social, inclusive mutualidade. Além disso para um trabalho ser enquadrado no conceito da lei do voluntariado, deve  seguir algumas características como:

1. ser voluntário, ou seja, não pode ser imposto ou exigido como contrapartida de algum benefício concedido pela entidade ao indivíduo ou à sua família;

2. ser gratuito;

3. ser prestado pelo indivíduo, isoladamente, e não como “subcontratado” de uma organização da qual o indivíduo faça parte e, portanto, seja pela mesma compelido a prestá-lo;

4. ser prestado para entidade governamental ou privada, sendo que estas devem ter fim não lucrativo e voltado para objetivos públicos.  fonte: http://www.guiatrabalhista.com.br/guia/trab_voluntario.htm

Na cidade de Santa Maria, são inúmeras instituições, que desenvolvem o trabalho voluntário voltado às crianças, jovens, adultos e idosos e sobre as mais diversas temáticas. O Ecolândia também tem participantes voluntários, que toda a sexta-feira produzem o programa juntamente com os integrantes do PET, programa de ensino tutorial da UFSM.

Esse vídeo é de uma organização portuguesa que promove o voluntariado, e explica algumas das razões pelas quais as pessoas, de qualquer idade se dedicam a esse tipo de trabalho.

E você já pensou em realizar algum trabalho voluntário? Procure uma instituição de seu interesse e participe!