Marcha da maconha por que?

Imagem retirada do Facebook da Marcha da Maconha de Santa Maria - RS

Imagem retirada do Facebook da Marcha da Maconha de Santa Maria – RS

aria, a 3ª Marcha da Maconha. A marcha não acontece só aqui, no Brasil iniciou em 2002 e desde então faze parte de um cenário mundial sobre a discussão da legalização da planta.

Mas você sabe o porquê de uma marcha da maconha e as pautas que esse movimento reivindica? Diferente do que talvez você acredite a marcha não é um movimento de apologia ou incentivo do uso de qualquer droga. Ela surge por entender que a política proibicionista é fracassada e tem um preço alto. No Brasil, com a chamada “guerra as drogas” muitos moradores da periferia são mortos sem sequer ter ligação com o tráfico de drogas. Como a quantia que qualifica o indivíduo como usuário na lei não é específica, abre-se uma brecha para que a população pobre seja alvo da violência e prisão. Levantamento realizado pelo Instituto Sou da Paz mostra que 93% dos mortos em supostos tiroteios com a Polícia Militar de São Paulo entre 2001 e 2010 moravam na periferia da cidade. 54% eram negros ou pardos.

Além disso, a marcha luta também pelo direito da liberdade do próprio corpo (assim como a luta feminista) e pelo uso medicinal da erva, que em contramão a outros países, é proibido no Brasil. O uso econômico de produtos derivados do cânhamo (especialmente sobre o ponto de vista ambiental) e claro, o direito ao plantio e consumo de cannabis também são reivindicações.

 

Abaixo, vídeos para que você entenda melhor a discussão sobre a legalização da maconha.

 

Vídeo da Marcha aqui em Santa Maria – Mariola mídia independente

https://www.youtube.com/watch?v=XkSWSeovjOY

Usuários

https://www.youtube.com/watch?v=9ui28LQQ0PQ

Cortina de fumaça

https://www.youtube.com/watch?v=svSglyz2Tb8

Quebrando o tabu

https://www.youtube.com/watch?v=tKxk61ycAvs