O cultivo domiciliar e seus benefícios

     Nos dias de hoje, com a difusão do agronegócio e da industrialização, poucos são aqueles que ainda se preocupam em produzir seu próprio alimento. Consumimos congelados, industrializados, embutidos e principalmente alimentos com agrotóxicos. Estes últimos podem ser extremamente prejudiciais, não apenas à saúde, mas também ao meio-ambiente. E o que pode ser feito para se abrir mão desses produtos e ter um consumo mais consciente? Uma opção bastante viável são as hortas caseiras, também chamadas de hortas orgânicas.

barulho

     Foto: Tainara Liesenfeld

      Uma horta caseira é uma forma de cultivar a natureza no seu lar. Sendo normalmente colocadas nos quintais de residências, as hortas são utilizadas para o cultivo de uma variedade de temperos, legumes e frutas, podendo contar com diversas espécies e não apenas com uma monocultura. Além disso, aqueles que vivem em apartamentos ou casas que não possuem um quintal, não precisam se conformar com a falta de espaço e esquecer a ideia, afinal, há diversas formas de cultivo, mesmo para quem vive nesses lugares.

     Os benefícios do cultivo domiciliar são os principais motivos para se pensar nessa alternativa. Hoje em dia, com o gigante consumo de agrotóxicos e fertilizantes, as hortas orgânicas são uma excelente forma de se ter uma alimentação mais saudável e que seja ecologicamente consciente. Os alimentos produzidos nas hortas são muito mais nutritivos, possuem um baixo custo e respeitam à natureza.

    Além de oferecer uma melhor qualidade de vida, as hortas caseiras também podem ser um passatempo agradável e rentável, principalmente para aposentados ou pessoas que se interessam pelo cultivo. Em diversos países, a prática de cultivo domiciliar é protegida por lei, como por exemplo, a Lei da Horta Privada, assinada pelo governo russo em 2003, que garante de graça uma faixa de terra na área urbana para o plantio. Além disso, o que pode ser observado e, muitas vezes, é implementado em diversos países, são as hortas comunitárias. Uma horta comunitária é um espaço de plantio orgânico compartilhado por diversas pessoas, sendo normalmente uma prática adotada por vizinhanças.

horta-caseira-o-que-saber-antes-de-comecar-a-sua-930x497

Foto: Divulgação    

 As hortas orgânicas são uma forma de produzir um cultivo limpo, saudável, de respeito ao meio ambiente e que beneficia a nossa saúde, portanto, devem ser consideradas como uma ótima alternativa para quem cansou dos agrotóxicos e está buscando uma nova atividade para esvaziar a mente. É um cultivo independente, consciente e que faz bem a todos.